Este blogue consta de uma compilação de retratos da natureza e intervenção humana em ambiente rural e urbano que O Cidadão abt vai capturando com a sua objectiva durante as caminhadas, será despejada neste blogue de muitos pixeis e poucos bitáites, dando ao ciberleitor a possibilidade de clicar sobre cada uma das fotos e de seguida na tecla F11 para melhor as poder desfrutar em ecrã total... Ligue o som e... passe por bons momentos!


domingo, 7 de junho de 2009

POLJE

Caminhando sobre o Polje de Minde (Mata de Minde), depressão encaixada entre o planalto de Santo António a Este, e o Planalto de São Mamede a Oeste. É uma superfície sazonalmente pantanosa, alimentada pelas águas pluviais e nascentes do Regatinho, Contenda, Poio e Olho de Mira. Constitui um dos maiores reservatórios naturais e subterrâneos de água doce do continente Português, é possuidor de um ecossistema específico de inúmeras espécies de zonas húmidas intermitentes, classificado como sítio Ramsar do património internacional.






Pilriteiros









Alto Lombeiro





Lagoa do Lagoeiro

Esta lagoa é a zona do polje que permanece inundada por mais tempo.




Algar Zé da Lenha. Este algar é uma galeria encaixada no rio do Poio e o principal sumidouro de águas pluviais que sazonalmente se concentram em todo o leito do polje, e vão dar origem às nascentes dos rios Alviela, Almonda e Lena.