Este blogue consta de uma compilação de retratos da natureza e intervenção humana em ambiente rural e urbano que O Cidadão abt vai capturando com a sua objectiva durante as caminhadas, será despejada neste blogue de muitos pixeis e poucos bitáites, dando ao ciberleitor a possibilidade de clicar sobre cada uma das fotos e de seguida na tecla F11 para melhor as poder desfrutar em ecrã total... Ligue o som e... passe por bons momentos!


domingo, 11 de julho de 2010

BANDO DE CODES

Travessia do Vale do Bando, Vale da Amêndoa e o Bando de Codes  com o respectivo parque eólico no concelho de Mação, numa ascendente de 275 metros, alcançando os 609 metros de altitude, sob a temperatura ambiente de 37º centígrados avistando-se nos horizontes:  Abrantes, Central Termoeléctrica do Pego, Chão de Codes, Bando dos Santos, a linda Aldeia de Eiras, o Vale da  Ribeira de Eiras e o Monte de São Gens.


















4 comentários:

Tramagalense disse...

Boas Cidadão

Há bastante tempo que olho para a Serra do Bando e que digo a mim próprio que ainda não visitei a serra mais alta da nossa região. Talvez um dia. Entretanto ficam as fotos que o Cidadão zelozamente aqui vai publicando.

sdaudações

O Cidadão abt disse...

Pois bem, ciber Tramagalense...

Cá o praça não tinha tomado consciência que o Bando fosse a serra mais alta da região! Ela vê-se bem a partir do marco geodésico da Ervideira ou da descida do Mal a Pique!!

Após uma valente caminhada, os dois quilómetros a trepar antes do primeiro aerogerador foram bem sofridos, passo ante passo.

De outra ocasião, vai para dois anos, foi calcorreado um percurso a meia encosta do Bando de Codes, com mais sombra e várias nascentes carregadas de lendas de mouras encantadas e bruxas.

Se bem reparar na quinta foto +020X, ampliada, distingue-se um filão de rocha aparentando-se ás ruínas de uma parede em pedra.
Dizem os populares que aquele filão atravessa Portugal, entrando em Espanha.

Portanto, quando tomar essa rota, leve alguma preparação física e muita força de vencer desníveis, caro Tramagalense...

Tramagalense disse...

Boas Cidadão

Se não estou em erro esta é a serra de Mação a que reportam as fotos?
Quando disse que esta era a mais alta região, estava a falar na nossa sub região. Outras haverá mais altas, mas essas ficam para lá da nossa querida região. Bom, assim me parece.

Quanto a essa parede a que se refere, é uma formação geológica, penso. Não será por acaso edificada pelo Homem, como o Muro de Adriano, na Grã Bretanha ou a muralha da China?
De qualquer modo é um facto curioso.

saudações

O Cidadão abt disse...

Ciber Tramagalense

A região em apreço, subentende-se que destas cercanias, o amigo está correcto na sua observação quanto aos pontos mais elevados. Simplesmente este praça não houvera tomado a noção.

Não nos arrastemos para as serras de Aire, Candeeiros e planalto de Santo António.

O filão rochoso que se avista é uma formação geológica de origem natural que brota das profundezas da terra, a meia encosta, apesar de nos sugerir uma construção artificial.

Quando nos referimos à serra de Mação, ela não é uma como aparenta, ao ser avistada à distância, mas são umas quantas cordilheiras....

Os Bandos de Mação!

Para um leigo não passa disso mesmo, a Serra de Mação mas in-loco, damos com o Bando dos Santos a 643 metros, o Bando de Codes a 609 metros, o Bando do António a 397 metros, o Monte do Aivado a 412 metros, o Monte do Castelo Velho a 434 metros, e o Monte de São Gens a 397 metros, para além de outras cordilheiras de menor relevo, todos calcorreados por este rapazola.

Um sítio bonito para se gastar curtidos momentos de ócio e alguma orgia alimentar à base de grelhados apesar de cá o Cidadão evitar tanto quanto possível esses empanturramentos, é a Mina do Ti Guilherme, 2.5kms a Norte da povoação do Castelo e a meia encosta do bando dos Santos!

Não esquecer a Praia Fluvial do Carvoeiro que é de estalo e mereceu destaque na TSF, ou um relax na Cascata do Pego da Rainha... bem acompanhado, de preferência...

O nosso Portugal tem recantinhos excepcionais!

Nós é que temos a mania da galinha da vizinha ser melhor do que a nossa!

Gentes hospitaleiras, essas!