Este blogue consta de uma compilação de retratos da natureza e intervenção humana em ambiente rural e urbano que O Cidadão abt vai capturando com a sua objectiva durante as caminhadas, será despejada neste blogue de muitos pixeis e poucos bitáites, dando ao ciberleitor a possibilidade de clicar sobre cada uma das fotos e de seguida na tecla F11 para melhor as poder desfrutar em ecrã total... Ligue o som e... passe por bons momentos!


quinta-feira, 16 de abril de 2009

HIERARQUIAS...








...E OUTRAS PRIORIDADES

3 comentários:

Tramagalense disse...

Caro Cidadao

Como tenho as vistas curtas, nao consigo vislumbrar do que se trata a ultima fotografia. Sera' daquela importantissima obra que esta' a ser feita na margem do nosso mar?
Gostaria que o Cidadao me ilucida-se quando tiver disponibilidade.

saudacoes Tramagalenses

Cidadão abt disse...

EH GRANDE TRAMAGALENSE! Aí pelas Scotland faz tanto frio e chuva como por cá??? Ou ainda mais?
A última foto é precisamente a ponta do "iceberg", ou seja onde futuramente, as cegonhas plantarão seus digníssimos ninhos... em Barreiras do Tejo, a não ser que lhes coloquem umas caravelas lá nos cucurutos... mas como a época dos descobrimentos já era... talvez por ali morem alguns tijolos dos tais que faltam no castle! Talvez... também naquele "monumental", estejam os milhões que fazem falta em outras obras importantes para benefício daqueles que se fartaram de descontar do seu suor e do seu trabalho... ou seja, que são do legítimo direito de todos nós!NEM MAIS, NEM MENOS!
Sem nos referirmos à manutenção das ameias do jardim do castelo, cartão de visita desta Abrantes, para além de outro ex-líbris, a torre com utilidade... a das telecomunicações!
Talvez "esta" porta e passagem tivesse sido implementada à sua imagem e semelhança... isto, bem entendido com a devida vénia ao arquitecto paisagista que concebeu tal obra de arte!
Portanto, nesta santíssima terra, as prioridades não passam por servir e beneficiar as populações, retribuindo-lhes em obras de benefícios e a devido tempo, (como em pontes que muita falta fazem, melhores vias de comunicação terrestre, investimento em saúde e respectivos equipamentos tecnológicos), os impostos despendidos mais as taxas e tarifas disto daquilo e dacoloutro, para que estes milhares de contribuintes pudessem efectiva e seguramente afirmar ..."francamente, valeram a pena, as massas descontadas durante estes últimos anos" mas sim, pela grandiloquência das obras de fachada que servem a escassa meia dúzia e à imagem de poucos!Olhemos para o exemplo de outros Concelhos e logo constatamos a ausência destas cenas, em prol do investimento em benefícios urbanísticos para o melhorar da qualidade de vida das suas populações.Por aqui, infelizmente, outros valores e prioridades se levantam, falando hierárquicamente mais alto!
Depois deste desabafo, cá o Cidadão vai mergulhar em vale de lençóis!
BOAS.

Anónimo disse...

Por que nao:)